Entenda o que é energia renovável e seus benefícios

As energias renováveis são aquelas captadas através de fontes renováveis, ou seja, fontes que se regeneram constantemente e por isso não se esgotam.


As fontes de energia renovável representam uma alternativa sustentável para o meio ambiente, já que não geram grandes impactos ambientais negativos e também diminuem a emissão de CO2 na atmosfera.


Conheça os principais tipos de energia renovável abaixo.

Energia Solar


A energia solar, como o próprio nome diz, aproveita da radiação emitida pelo sol sobre o nosso planeta. Essa é uma das melhores alternativas de energia renovável, já que é inesgotável e muito potente.


Essa energia pode ser captada através de placas fotovoltaicas, que absorvem a luz solar e a convertem em energia elétrica ou em energia térmica - que aquece a água e o ambiente de casas e outros estabelecimentos. Além de ser uma fonte de energia limpa, a captação da luz solar através de painéis fotovoltaicos é a forma mais acessível para pessoas físicas e empresas que desejem diminuir a emissão de gás carbônico.

Energia dos mares


Utilizar desse tipo de energia não é fácil, por isso hoje em dia ainda não é muito usada.

De qualquer maneira, a energia proveniente dos mares é aproveitada pela força das ondas e das marés. Na primeira situação, é necessário encontrar um lugar onde as ondas são bem intensas, e assim a movimentação das mesmas é convertida em energia elétrica.


Na segunda situação, uma barragem é construída para captar as águas das marés durantes as cheias. Quando as marés vão diminuindo, a vazão de água da barragem gira as turbinas que produzem energia elétrica.


Energia eólica


Nesse sistema, são instalados grandes cataventos em áreas de ventos fortes. Esses ventos giram as hélices dos aparelhos, que movimentam as turbinas e, por fim, acionam os geradores, produzindo, assim, energia elétrica.


A energia eólica não emite poluentes na atmosfera e, além disso, é um sistema que funciona muito bem no Brasil, por isso o nosso país está entre os dez mais promissores do mundo quando o assunto é investimentos em energia eólica.


Apesar de tudo isso, existem algumas inconveniências para o perfeito funcionamento dos sistemas eólicos, como a inconstância dos ventos durante um determinado período do ano e a dificuldade de armazenar a energia gerada.Fatores esses que no Brasil não tem afetado significativamente.


Energia Hidrelétrica


Diferente da energia eólica, a energia hidráulica, como também é conhecida, utiliza da movimentação das águas dos rios para gerar eletricidade. Mais de 90% da energia elétrica gerada em nosso país provém de hidrelétricas, e o Brasil é a segunda nação do mundo quando o assunto é capacidade e geração de energia hidráulica, perdendo somente para China. Além desses dois países, ela também é muito usada nos Estados Unidos e Rússia.


Para gerar esse tipo de energia, é necessária a construção de usinas hidrelétricas, que, para funcionar com eficiência, precisam ser estabelecidas em terrenos íngremes e acidentados, onde é possível o represamento de água.


A energia hidráulica é considerada muito eficiente, porém sua construção causa inundação de ambientes naturais e também há emissão de dióxido de carbonoCO2 pelas matérias orgânicas que estavam presentes nas áreas antes de serem represadas e não foram removidas.


Energia da biomassa


A biomassa é toda matéria orgânica não fóssil, ou seja, ela pode ser derivada de plantas, restos de animais ou até oriunda de restos de madeiras, esterco, etc. Esse material orgânico pode ser queimado e utilizado para a produção de energia renovável.

São três os tipos de biomassa que podem ser usados como fonte de energia renovável:


Combustíveis sólidos: madeira, carvão vegetal, restos orgânicos de animais e vegetais.


Combustíveis líquidos: também conhecidos como biocombustíveis, são eles etanol, biodiesel ou outro líquido gerado pela transformação do material orgânico através de processos químicos ou biológicos. Quando comparado com a gasolina, o etanol emite até 82% menos CO2 na atmosfera.


Combustíveis gasosos: são resultados de transformações industriais ou naturais de restos orgânicos, como o biogás e o gás metanos coletado em aterros sanitários e/ou outros sistemas geradores.


A bioenergia é considerada renovável, pois além de emitir menos gás carbônico, também deriva de materiais que seriam descartados e acabam reaproveitados.


Energia geotérmica


Essa energia provém da utilização do calor que existe no interior da Terra. Esse calor pode ser aproveitado diretamente, quando se manifesta perto da superfície, e as altas temperaturas já são usadas para a produção de eletricidade.


Por outro lado, o calor também pode ser usado de forma indireta pelas usinas geotérmicas. Essas indústrias transportam água para o subsolo através de dutos. A mesma é aquecida pelo calor interno do planeta e evapora, sendo conduzida pelos canos novamente pelos até as turbinas que se movimentam e acionam o gerador, produzindo eletricidade.


Após esse processo, o vapor é transportado até áreas onde volta ao seu estado líquido, permitindo assim o reaproveitamento da água.


O problema da energia geotérmica é o impacto que as emissões de poluentes e a poluição causam ao meio ambiente.

Logo Assinatura Branca.png

VOLTE AO TOPO